Vir a Gramado é por vezes sinônimo de alegria, muita ostentação e gastos, mas nem sempre precisa ser assim. É bem possível desfrutar das belezas dessa linda cidade sem ter que, no final das contas, passar o resto da vida pagando por isso. A cidade de Gramado é muito frequentada por casais e também por famílias e sua vasta opção de lazer, que vai dos restaurantes de fondue aos parques temáticos, agradam a gregos e troianos, ou seja, existe uma série de coisas e lugares para serem descobertos e explorados e é por isso que um pouco de economia aqui e acolá ajudará você a conhecer o máximo de coisas possíveis durante sua estadia sem ter que passar o resto da vida pagando por isso.

 

Abaixo seguem algumas dicas que tem me ajudado bastante a explorar esse mundo mágico economizando o máximo possível.

 

  1. Utilize sites de compras coletivas para comprar passeios e jantares com desconto.
  2. Ande de bicicleta pela cidade e faça seu próprio roteiro, você vai descobrir locais impressionantes. Vários hotéis da cidade dispõem de bicicletas gratuitas para hóspedes, verifique se seu hotel dispõe e não esqueça de consultar a temperatura do período em que estará na cidade.
  3. Uma forma de economizar pra vir a Gramado é no transfer, venha pelo aeroporto de Porto Alegre e pegue um ônibus executivo lá mesmo, o ônibus é confortável, possui Wi-Fi e ar condicionado (deixe sempre um casaquinho à mão para evitar o congelamento :p).
  4. Se você gosta de dirigir alugue um carro no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre,  e venha a Gramado pela Rota Romântica, além de ser bem romântico como sugere o nome, é uma viagem bem tranquila e bonita, a pista é bem sinalizada e o asfalto é muito bom. Não esqueça de pesquisar um pouco pela internet sobre a rota (distância, locais por onde passa, duração, etc), não esqueça também de um GPS, é bem útil.
  5. Uma maneira barata de fazer um tour pela cidade é através da Fumacinha e da Jardineira das Hortênsias que custam R$ 15 e R$ 20 respectivamente. É possível ainda adquirir por um preço ainda mais barato utilizando a dica número #1.
    • Nós fizemos o passeio da Fumacinha veja aqui.


      Tá gostando do conteúdo? Aproveite para curtir nossa página no Facebook.

  6. Quer fazer um passeio realmente romântico? Compre taças, espumante/vinho, frutas ou que você gostaria de comer (utilize os supermercados locais, eles oferecem várias opções de vinhos, inclusive os da Serra ) e vá passar a tarde no Lago Negro, você vai se surpreender (só recomendo esse passeio se o dia estiver ensolarado). Caso não seja do tipo que gosta de fazer picnic utilize os restaurantes que existem por lá mesmo. É possível fazer um passeio de pedalinhos ao custo de R$ 20 por casal e assim apreciar o parque com um outro ângulo.
  7. Utilize o aplicativo TripAdvisor para fazer um roteiro a partir das recomendações de outras pessoas. Se não é do tipo que se dá muito bem com a tecnologia, ao chegar em Gramado procure o Centro de Informações Turísticas, fica próximo à igreja matriz São Pedro, é bem fácil de achar. Lá tem folhetos com passeios pra todos os gostos e tipos, como, Rota do chocolate, Rota da cerveja, Gramado a pé, Gramado para crianças, etc. Acredite, dá para se perder em meio a tantas opções de lazer.
  8. Use ônibus coletivo para ir a cidade de Canela, a passagem custa apenas R$ 3,00 e só leva alguns minutinhos. Andar pelo centro de lá é bem fácil, dê uma pesquisada antes nos locais que deseja conhecer, a Catedral de Pedra é uma das atrações principais. A passagem é comprada na rodoviária de Gramado, já a volta pode ser por algumas poucas paradas dispostas pela cidade ou pela rodoviária.
  9. Na hora de encontrar o hotel perfeito utilize o buscador aqui do site, há sempre promoções por lá, se preferir utilize os links abaixo.
  10. Essa dica é especial e muito saborosa, se seguiu a dica número #3 (a do transfer) você vai estar a um passo dessa dica. Assim que chegar a Gramado ou quando estiver fazendo um passeio a pé pela cidade vá até a Praça das Etnias, é nessa praça que ficam os fornos colonias que produzem as famosas cucas, são feitas na hora, bem quentinhas,  saborosas e dá pra comer com o delicioso suco de uva que vende ao lado, sem falar das outras coisas deliciosas que você vai poder encontrar por lá. Nessa praça também é possível conhecer uma casa tipicamente italiana e portuguesa, além de poder comprar passeios para a zona rural de Gramado e conhecer a cultura mais a fundo, vivendo experiências inesquecíveis.

Se você já montou seu roteiro ou tem dicas pra gente, compartilhe utilizando o formulário abaixo. Não esqueça de seguir o Viver Gramado no Facebook e no Instagram.

 

Vamos #vivergramado ?!

 

 

Empreendedor, publicitário, marido da Luize e morador de Gramado, a cidade mais charmosa do Brasil, desde de janeiro de 2015.

  1. Adorei as dicas. Algumas coisas eu fiz quando estivemos por lá, como o passeio das Jardineiras e as deliciosas cucas da Praça das Etnias. Mas realmente dá para economizar em Gramado, acho que tem opções para todos os gostos e bolsos. Adorei a cidade, quero muito voltar. Abraços.

  2. Não conheço Gramado (quer dizer, fui quando era pequena, mas não lembro de muita coisa)… Deve ser uma delícia visitar o lugar no frio, né? Fiquei interessada na rota dos chocolates e a rota romântica. Vou colocar o lugar na lista para roteiros de inverno e vou seguir suas dicas para economizar, haha

  3. Muito boas as dicas, estive em Gramado dezembro de 2016, aluguei um carro com DZ Receptivo e também recomendo o fondue do Tratoria, compensa bastante. Café Colonial estive no Coelho com atendimento muito especial e a comida maravilhosa.

  4. withalla bezerra says:

    Parabéns, fizeste um otimo trabalho, nao sabes o quanto me ajudaste!
    sou de Maceio Alagoas estou indo esse final de semana pra ai, tudo que eu queria saber encontrei por aqui

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>